APEB cria o Observatório Legislativo

      

A proposta do Observatório Legislativo (OBSLEG) é coletar, sistematizar e analisar as informações relativas a qualquer atividade legislativa de interesse dos Procuradores do Estado da Bahia e da sociedade civil.

De acordo com o presidente da APEB, Roberto Figueiredo, o objetivo é facilitar a participação ativa da classe. “Será um instrumento de informação, acompanhamento, avaliação e pesquisa da produção legislativa do Estado para que possamos atuar, previamente, nas questões de interesse associativo e da sociedade baiana, mediante assessoramento parlamentar”, explicou.

O OBSLEG é composto pelos associados Lafayette de Azevedo Pondé Filho e Evandro Dias Costa, que irão conduzir as medidas de organização e execução do novo instrumento de comunicação.

A primeira demanda do OBSLEG, proposta pela vice-presidente da APEB, Cristiane Guimarães, é dar resposta à Comissão da Lei de Organização do Judiciário, já submetida ao crivo da coletividade, através do comunicado no site do TJ da Bahia. A estratégia montada para dar início aos trabalhos do observatório é: tomar conhecimento da legislação; analisar o impacto na classe e sociedade, interagir com os procuradores para debater e colher sugestões, e enviar a resposta da associação ao Judiciário.|
 

Dê seu comentário sobre a nota acima: