Cerimônia de Posse da Nova Diretoria

      

Na posse de sua nova diretoria, APEB destaca importância do associativismo e necessidade de se discutir a agenda da advocacia pública

A Associação dos Procuradores do Estado da Bahia (APEB) empossou, na Faculdade de Direito da UFBA, sua nova diretoria para o triênio 2019 a 2021, que terá na presidência a procuradora Cristiane Guimarães. A diretoria executiva contará ainda com a presença dos procuradores Tatiana Martins de Oliveira, Ubenilson Colombiano Matos dos Santos, Raimundo Luiz de Andrade, Alba Freire de Carvalho Ribeiro da Silva, Arlley Cavalcante de Oliveira e Roberto Figueiredo, presidente no triênio 2016 a 2018.

Entre as autoridades que estiveram presentes e representaram suas instituições, compuseram a mesa Oscilar Alves Torres (presidente da sessão), Luciane Rosa Croda (Procuradoria Geral do Estado), Augusto de Lima Bispo (Tribunal de Justiça - BA), Mário Rômulo de Melo Marroquin (Associação Nacional dos Procuradores de Estado - ANAPE), Firmiane Venâncio (Defensoria Pública), Marcos Sampaio de Souza (Ordem dos Advogados do Brasil - BA), Élbia Rosane de Araújo (Associação dos Magistrados da Bahia - AMAB), Tércio Roberto Peixoto Souza (Associação dos Procuradores do Município do Salvador - APMS) e Júlio Rocha (Faculdade de Direito da UFBA).

Durante a solenidade, a presidente reforçou a importância da união entre os procuradores na defesa do Estado, que sob o farol da universidade em que tomou posse a nova diretoria, a Associação seja "o ambiente ideal para a reflexão contra os achismos e ressentimentos e que permita a liberdade de pensar sem distinções partidárias”. Em seu discurso de posse, Cristiane Guimarães relembrou a Associação dos Advogados Públicos e grandes nomes do Direito do Judiciário baiano e a necessidade de se discutir a agenda da advocacia pública, esta preordenada em sua origem comum entre as procuraturas; a autonomia técnica dos advogados públicos; o combate à usurpação de função e outras temáticas de interesse da carreira. Por sua vez, Roberto Figueiredo, que agora assume a diretoria jurídica e de prerrogativas da APEB, destacou o valor do associativismo, o fundamental alinhamento entre a PGE e a associação de procuradores, e o desafio de conduzir uma entidade de classe com a representatividade da APEB.

Nos três anos de gestão de Roberto Figueiredo, a APEB desenvolveu campanhas pela valorização dos procuradores do Estado na Bahia, incentivou a filiação de seus associados à ANAPE, promoveu o I Fórum Nacional de Mediação e Arbitragem, lançou o Curso de Mediação de Conflitos e conseguiu instituir o Dia do Procurador do Estado. Mais que isso, valorizou cada vez mais os procuradores aposentados, lutou pelos seus associados e conquistou o respeito e a admiração dos novos procuradores. E para fechar esse belíssimo ciclo, lançou a bela campanha Sororidade e realizou com grande sucesso o 44º Congresso Nacional dos Procuradores de Estado na Bahia.
 


voltar